Dica Autolocadora. A direção é sua! Aluguel de carros  

Fixo (48) 3304 5040    
Cel (48) 9 8802 5080   




..
7 - Gerais:

1 - Documentação
2 - Retirada do veículo
3 - Veículo e contrato
4 - Do período da locação
5 - Formas de pagamento
6 - As proteções
7 - Geral

7.1 – Posso modificar ou efetuar mudanças nas características originais do veículo?
Não, nenhuma mudança ou alteração será permitida.

 

7.2 – Posso viajar para outros estados?
Sim, pois o veículo possui seguro válido em todo o território nacional.

 

7.3 – Posso viajar para outros países?
Não, todo e qualquer carro de locadora não poderá ultrapassar a fronteira nem mesmo qualquer tipo de cobertura.

 

7.4– Como funciona o abastecimento?
O carro é entregue com o tanque de combustível “gasolina comum” completo e deverá devolvê-lo em idêntica condição. Esta obrigação é garantida por cláusulas contratuais.

7.5– Como funciona a identificação do condutor em caso de MULTA DE TRÂNSITO?
Será por médio do contrato de locação assinado pelas partes, onde consta o início e fim da locação e demais documentos necessários para efetivar identificação. A legislação vigente nos obriga a identificar dentro do prazo especificado na própria notificação com sanções previstas nos termos do
§§ 7º 8º do artigo 257 do CTB. A pontuação será somada em seu prontuário. Caso não ocorra a identificação, será aplicada uma nova multa do mesmo valor, denominada multa NIC (Não identificação de condutor)

Afim de evitar possíveis transtornos solicitamos que a assinatura seja o mais parecido possível da CNH do condutor.  

7.6– Como eu fico sabendo se tive multa de trânsito?
Normalmente as notificações tem prazo médio de recebimento entre 10 a 30 dias depois da infração. Na maioria das vezes só será possível após o encerramento do contrato.

Visando o máximo de transparência o padrão para este processo será da seguinte forma:

- Recebimento da infração: Faremos todas as verificações para confirmar o real  infrator durante a locação.
- E-mail informativo: Enviaremos um e-mail simples (informado no contrato) avisando sobre o recebimento da infração (Evita cair na caixa de spam)
- E-mail descritivo: Neste irá constar todos os detalhes da infração (data, hora, local, descrição, base legal, valor, orgão autuador), inclusive a notificação digitalizada além dos links dos orgãos autuadores afim de confirmar a veracidade da presente notificação. A forma de pagamento por padrão será via cartão de crédito, se necessário utilizaremos outra forma de pagamento (boleto). No assunto do e-mail se constar entre parenteses (pg) significará que já está paga e foi debitada diretamente em seu cartão de crédito, tão logo constará em sua próxima fatura.   

7.7– Eu não recebi o e-mail da multa, vocês avisam de outra forma?
Sim, no procedimento normal caso não recebemos nenhuma confirmação, reenviaremos mais uma vez todo o processo solicitando a confirmação. Se mesmo assim não tiver retorno, tentaremos contatos via telefone fornecidos no contrato de locação, em ultimos casos o envio será por correspondência.



7.8– Se eu não tiver e-mail, como tomarei conhecimento da multa?
Faremos o processo impresso e enviaremos pelos CORREIOS via carta registrada (com AR). 

7.9– Como funciona o pagamento da multa de trânsito do veículo alugado?
O pagamento será feito diretamente no cartão de crédito respeitando as regras estabelecidas pela administradora de cartão de crédito, garantida 
pelas claúsulas contratuais 2, 2.1 e 2.2 assinado no ato da locação e da PRÉ-AUTORIZAÇÃO (mesmo após estornada) efetuada durante a locação.

7.10– Preciso fazer alguma coisa após ter sido informado?
Normalmente nenhuma ação será necessária, a locadora fará um novo processo a cada multa independentemente para envio dos orgãos autuadores. Atendendo a legislação vigente afim de cumprir as exigências descritas na RESOLUÇÃO 404 de 12 de junho de 2012. Reuniremos cópias de toda documentação: (contrato de locação), e mais uma série de documentos exigidos para uma completa identificação do infrator.  

7.11– Há alguma tarifa além da multa?
Sim, toda e quaisquer tarifas ou taxas sempre estarão previstas em cláusulas contratuais. Na assinatura do contrato, sempre disponibilizamos a 2ª via do contrato além de sempre frizar a importância da LEITURA do contrato e suas cláusulas. Nele constará o valor a ser considerado em uma eventual multa.

7.12– Para que serve essa tarifa da multa?
Como o veículo é de propriedade de PESSOA JURÍDICA, é necessário a INDICAÇÃO DO CONDUTOR  diretamente no orgão autuador (Detran's / Guarda Municipal / Policia Militar / Policia Rodoviária / Policia Federal / DNIT) pessoalmente ou através de correspondencia via AR

Lembrando que em todos os processos serão feitos independente por multa, anexando os seguintes documentos:

- Formulário de identificação devidamente preenchido;
- Cópia na notificação;
- Contrato da locação (frente e verso);
- CNH do condutor;
- Documentos de identificação do Contratante (se houver)
- Contrato Social da Locadora (na integra)
- Alterações do Contrato Social da locadora;
- Cópia na notificação;

 Esta tarifa se faz necessário para cubrir os gastos relacionados a este procedimento, também os custos de postagem ou de transporte utilizado na entrega ao orgão autuador competente. Além dos custos operacionais do funcionário para deslocamento, inclusive 
o valor hora para resolução deste procedimento.




7.13– Há alguma forma de não haver a tarifa da multa?
Sim, nos casos ao qual a multa é lavrada na presença do infrator, ou seja, nas vezes que for parado pela autoridade policial e assinar o auto de infração.

7.14– Mas se eu discordar com a multa, mesmo assim devo pagar?
Entendemos que isso possa acontecer, no entanto por se tratar de um documento oficial lavrado por orgãos governamentais protegidos por lei e detentores de fé pública, uma vez lançadas no histórico do veículo deverão ser consideradas como válidas e autênticas, sendo obrigatóriamente efetuar o pagamento da forma indicada pela locadora. 

7.15– Eu não concordo com a multa, posso recorrer junto ao orgão autuador?
Sim, mas isso não anula o processo de cobrança executado pela locadora. Por se tratar de um veículo de propriedade da locadora o pagamento da multa existente será obrigatório conforme os procedimentos acima descritos. 

Você deverá verificar quais os documentos serão necessário para efetuar a sua defesa, inclusive a responsabilidade de enviar ao orgão competente. 

Ou seja, mesmo recorrendo você terá de pagar para a locadora, caso tenha sucesso na defesa deverá solicitar em outro procedimento o REEMBOLSO diretamente ao orgão. Este processo é moroso, é de responsabilidade do cliente acompanhar e entrar com todos os tramites  nos orgãos competentes.

7.16– Posso pagar a multa diretamente no orgão autuador?
Não, por o veículo não ser de sua propriedade o pagamento deverá ser feito diretamente para locadora.   

7.17– Porque eu não posso pagar a multa diretamente no orgão autuador?
Isto evita que quaisquer valores relacionadas as multas dos veículos sejam cobradas em duplicidade de nossos clientes. Tendo em vista um maior controle na gestão de nossa frota todos os impostos (IPVA, DPVAT e Licenciamento) acrescido dos demais débitos são quitados no vencimento do documento, desconsiderando assim os vencimentos das notificações.

Estes erros vinham acontecendo nas maiorias das locadoras em virtude de algumas multas (principalmente de outras cidades) não baixavam do sistema do DETRAN/SC que é onde os veículos são licenciados. Gerando muitos transtornos e desgastes desnecessários entre as partes envolvidas.


 

 << Voltar >>
              Dica Autolocadora, a direção é sua!            
..
Veja aqui nossas promoções!

..


© 2004 - 2017 - Dica Autolocadora. Todos os Direitos Reservados.